quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Como vencer o pensamento suicida.

Você não quer morrer, na realidade quer viver. Não faça isso!

São muitos motivos que leva a pessoa pensar em suicídio, é um assunto muito amplo, pode ser por fatores financeiros, perda do emprego, traumas de infância, discriminação, sentimento de rejeição e assim por diante, mas o foco do blog sempre foram as questões de relacionamentos mal sucedidos, pois quando a área afetiva vai mal, atinge todas as áreas da vida. Quando falo do materialismo estou me referindo o dia a dia das pessoas, ou seja, referindo as relações humanas como relacionamentos, família, trabalho, amizades, e assim por diante. Todos nós passamos por processo de condicionamento social, como diz nos Vedas somos “Almas condicionadas”, onde acredita que é somente o corpo, e deve viver satisfazendo os sentidos. São por causa dos sentidos que somos conduzidos a pensamentos suicidas, pois assim como o ser humano tem vontade de viver, a mesma vontade terá de morrer. A vida e morte andam de mãos dadas, então o sentimento de suicida será ativada, quando o sentimento de frustração e decepção estiverem extremamente fortes.

Uma estratégia de guerra muito bem feita, induzir a sociedade em prazeres mundanos e promiscuidade, fazendo a pessoa se viciar nos sentidos, por mais que satisfazê-lo, nunca ficará satisfeito e sempre vai querer mais. A pessoa perde o controle sobre o corpo, os seus sentidos começa ditar ordens e fará coisas contra a sua própria vontade. A base da sociedade é a moralidade, mas o sistema acabou demonizando esse termo com a frase “Falso moralismo”, ensinando para as pessoas que a moral é relativo. Falar que a moral é relativo é um grande truque da ilusão.

Vivemos numa sociedade normativa, precisamos viver com normas, senão viverá como os animais na floresta, pois somente no reino animal não existe a moralidade e muito menos a espiritualidade, vive somente na base dos instintos, por isso, que se diz todos os animais estão fadados a extinção. Não reconhecendo isso, os seres humanos serão extintos, levando uma vida cheio de sofrimento. Tudo obedece às regras, quando assisti ao filme Hellraiser, renascido no inferno, o demônio falou uma coisa muito interessante: “Todo mundo tem o seu próprio inferno!”, “Até o próprio inferno existe as suas próprias regras!”.

O homem infelizmente pensa somente em sexo, porque sempre foi  educado dessa maneira, sabendo disso o feminismo induziu as mulheres usarem roupas provocantes, na forma de domina-los através do sexo. Então sabendo disso, os homens para satisfazer os seus impulsos sexuais, trabalha feito animal na intenção de obter dinheiro para sair com elas. Trabalha horas por dia, durante a semana toda, para ter alguns momentos com álcool e mulheres, ficando preso emocionalmente a elas.

Crie novos objetivos na sua vida, que esse pensamento irá desaparecer.
Tenha paciência e procura ajuda para sair dessa situação.
Excesso de trabalho pode induzir a pessoa a atos suicidas. A palavra “trabalho” vem do latim “tripalium”, que significa “instrumento de tortura”. De acordo com o Bhagavad Gita, todos os seres vivos foram condenados a trabalhar arduamente, todos os animais na natureza, precisa sempre ficar caçando para a sua sobrevivência. Muitas pessoas morreram por excesso de trabalho ou cometeram suicídio por causa disso.

As pessoas não percebem que sofrem de “violência invisível”, que é trabalhar feito escravo para manter a sua própria sobrevivência, pega ônibus lotado pela manhã, preso no engarrafamento, preocupado como pagar aluguel, o que vai comer e vestir, relacionamentos fracassados, família desestruturada, lavagem cerebral feita pela mídia, corrupção do governo, violência urbana, e assim por diante.

Quando a mídia mostra somente violência na televisão, isso é feito de propósito, na intenção de destruir a sociedade através do emocional, criando no imaginário das pessoas, que o mundo é um lugar ruim e inseguro, onde prevalece somente o mal, não deve confiar em ninguém, etc. A primeira coisa que devemos aprender a ver é a intenção deles, quando publicam esse tipo de matéria, pois quando identificamos as coisas ficam mais fáceis.

Aprenda a enxergar além das formas, não fica preso pela aparência das coisas, procure compreender o espirito das coisas, não confie nos seus sentidos, porque somos constantemente enganados e seduzidos por eles. Aprende pensar direito, aprende a fazer perguntas certas, como quer ter respostas na sua vida, se não sabe fazer as perguntas certas?

Quando era ouvinte do mestrado de ciências naturais, uma coisa me chamou muito atenção, quando disse que a origem do comportamento é desconhecida, (falar que o DNA define o nosso comportamento é uma farsa cientifica), pois eles reconhecem que os animais e principalmente os seres humanos são controlados pela força da natureza. Existe força que controla as nossas ações, pois não temos controle sobre a nossa vida, então desobedecer às leis natureza, será destruído por ela. Quando realizava pesquisa no IBAMA, uma coisa me chamou muito atenção, quando aumenta uma população de um animal e está comendo a vegetação toda da floresta, a natureza aciona os predadores e matam os animais, para manter o equilíbrio na floresta. Então como a natureza não pode enviar os seus predadores para os homens, porque tem armas para se defender, então a natureza envia os assassinos, matadores, estupradores e assim por diante. Ou seja, esses elementos que foram citados são agentes da natureza, dando a sua resposta, para manter o equilíbrio no mundo, assim como faz com os animais na natureza.

No Bhagavad Gita diz: “A sociedade desconhece a força da natureza, ela mata sem piedade, quem não obedece as suas leis, está indo em direção ao seu matadouro. Somente na espiritualidade, a pessoa está livre dessa força terrível!”. É difícil a pessoa entender isso, porque as pessoas enxergam a natureza como algo divino, mas não é, onde os animais ficam em constante preocupação para não ser devorado pelos seus predadores. 


A mãe no velório do filho. Não cometa suicidio, pensa na sua familia,
nos seus irmãos, primos, tios e tias, e principalmente a sua querida mãe.

Para vencer a vontade do suicídio, primeiro deve se conscientizar sobre o assunto, leia e releia todo blog, pois através da conscientização é o primeiro passo para sair da situação que se encontra. O sentimento de suicídio também vem do vitimismo, para de se sentir vitima do mundo, as pessoas não vão passar mão na sua cabeça, ergue a cabeça e segue o seu rumo. Tenha mais consideração e respeito por si próprio, esqueça-se do passado, crie novos objetivos na vida, procure saber o que realmente quer para a sua vida. A vida pode ser boa ou má, tudo depende do seu estilo de vida e o modo de pensar.

Sejam Felizes e Superam as Paixões.


Márcio de Andrade

6 comentários:

  1. Esse blog e uma cópia do seu? http://filosofiadareal.blogspot.com/?m=1

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse blog é meu também, tenho 3 blogs, porque sofri muitas censuras.

      Obrigado!

      Excluir
  2. Quando paramos de ver pornografia, cortamos o sair com putas e passamos a colocar limites nas pessoas escrotas e invejosas, exigindo respeito e se afastando de quem faz mal, a autoestima se eleva rapidamente. Parece que fazem anos que escrevi no tópico sobre exus e pombagiras, mas foi há poucos meses. Minha vida estava um caos absoluto, confusa, negativa, mundana, suja como latrina e eu não conseguia enxergar e entender. Só atraia gente ruim PQP. Hoje, depois dessa limpeza espiritual e de muita concentração em Deus, tudo começa a melhorar e novas oportunidades vão surgindo. Larguei a maconha e o sexo como fuga e estou começando a traçar novos planos e pensando em objetivos valorosos.
    Saudações.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fiz o q vc fez mas fiquei muito solitário. Está me fazendo mal.

      Excluir