sábado, 30 de setembro de 2017

Putas, viados e sapatões.


Estudar sobre o feminismo nos dias de hoje, se tornou um manual de sobrevivência, devemos conhecer o nosso inimigo, para poder vencer a guerra, não no campo físico, mas sim ideológico. O pior domínio não é o físico, mas sim o mental, que através da lavagem cerebral, você se torna submisso às mulheres, levando uma vida cheio de sofrimento.

Quem é o verdadeiro inimigo dos homens não são os gays, mas sim as lésbicas, porque leio tudo relacionado a eles, os gays por exemplo, nunca vi falar que odeiam os homens, vejo reclamar mais da homofobia e a discriminação que sofrem na sociedade. Mas, as lésbicas têm ódio mortal dos homens, falam que deve decepar os pênis, introduzir objetos no ânus do homem, pede até mesmo a sua morte. Conheço pessoas que trabalham nos hospitais, onde relataram que acontecem muito, homens dando entrada na emergência com objetos introduzidos no ânus pelas suas namoradas ou esposas (aproveitaram que estava bêbado), e pior de tudo, não pode dar queixa, porque será debochado pelas autoridades.

Não sei qual o motivo, que as mulheres adoram fazer amizade com os viados, então eles aproveitam da situação procurando queimar filmes dos héteros. Eles fazem a cabeça das mulheres, dizendo que todos homens saem com gays, realiza troca troca, traem as suas namoradas e esposas, ou seja, sataniza os héteros. Na mentalidade dos gays, acreditam que todos os homens são gays também, mas a sociedade não permite, que os héteros manifestam os desejos homossexuais. Então difamar os homens, as mulheres perderiam a confiança, havendo conflito entre os dois, aumentando assim a contingência dos homossexuais. O que eles não sabem, mesmo homossexualizando a sociedade, aumentará o assassinado dos gays, porque a maioria não aceitam como são, as mentes deles são confusas, pois quem comentem mais assassinados dos gays, são eles mesmos.

Engraçado o feminismo fala que o casamento é opressão, então as mulheres deixaram de lavar a cueca do marido para lavar a calcinha de outra mulher. É uma opressão servir ao seu marido, mas é liberdade servir sexualmente a vários machos. Cantada de homens é machismo, mas receber cantada de sapatão é libertador. Ser uma mulher reservada é opressão, mas se tornar mãe solteira para depois pedir esmola para o governo é libertador, tendo assim uma geração de filhos indesejados, que no futuro serão bandidos e marginais. Fala que o pênis é opressão, mas usam vibrador ou cinta de pica.

As mulheres falam que os homens só pensam em sexo, mas quando se tornam sapatão, se tornam extremamente promiscuas, pois procuram no sexo, uma fuga para a sua realidade infeliz. Elas não têm moral de falar que os homens fazem das mulheres de objetos sexuais, porque a promiscuidade é normal nos meios delas, pois no homossexualismo é normal fazer o outro de objeto sexual, por isso, muitos deles sofrem de depressão e apresenta problemas mentais.

Série muito interessante mostrando o universo infeliz das sapatões.
Vale a pena assistir!
Existe uma série muito interessante sobre as lésbicas, chamado L Word, falando sobre a realidade do mundo das sapatões. O filme relata como elas têm repugnância aos homens, existem a sapatão boazinha e a cafajeste, tem a comedora que “ilude” e manda embora, são contra valores morais e religiosas, sempre querem o esperma do homem na intenção de engravidar, assumem mulheres grávidas para ser o pai da criança, traição é normal entre elas, violência e mal trados, tudo faz parte do universo delas.

No passado os homens não falavam que as mulheres eram inferiores, mas sim os homossexuais, que inverteram a história, acusando os héteros. Tanto que falam “No passado falava que as mulheres eram seres inferiores, e era normal homem se relacionar com homem!”, já está dando a resposta, quem falava que a mulher era inferior eram os reis e os imperadores gays.

Tanto que a palavra lésbica vem do nome de uma ilha chamado Lesbos na Grécia, onde as mulheres eram enviadas por praticarem o lesbianismo, seria uma espécie de ilha prisão. Atualmente os moradores dessa ilha não gostam de falar dessa história e procuram desmentir de tudo que é jeito. O lesbianismo era punido severamente na Grécia antiga, mas os reis gays gostavam de sodomizar as crianças e os adolescentes.

Uma coisa que chama muito atenção, tanto a sapatão e o viado, uma hora bate o instinto da maternidade e da paternidade, querem muito ter filhos, aparece o instinto da reprodução da espécie, então sofre muito com isso. Na realidade eles são invejosos dos héteros, porque nunca terão o prazer de se reproduzir, principalmente as lésbicas, que odeiam as mulheres héteros, porque nunca terão filhos e nunca será chamada de mãe.

Sapatão odeiam os homens porque queria ter um pênis, ter a sua força física e inteligência, e ser mais amadas pelas mulheres. Os gays amam os homens, mas sentem rejeitados, procuram ter a proteção masculina, projeta no outro aquilo que falta nele, então procura difamar os héteros para as mulheres. 

A Marcha da vadia, mulheres protestando o seu direito de ser puta, sem ser questionada.
Depois de certa idade, elas acham que nós temos a obrigação de assumi-las.
Todas as discórdias entre homens e as mulheres, provém da política GLBT, por isso incentivam a promiscuidade feminina, na intenção dos homens se afastarem delas, porque eles sabem muito bem, que os machos não gostam desses tipos de fêmeas. A estratégia é perfeita tornar as mulheres em putas, desprovidas de consciência e culpa, pois incentivando o materialismo nelas, irão rejeitar a maior parte dos homens. Isso mesmo, tornar a mulher interesseira, foi a estratégia perfeita para haver separação entre os dois, somente uma parcela insignificativa dos homens, terão acesso a elas. Então foram mais além, homens pobres devem ser sacaneado, esculachado e reduzido a merda, enquanto homens de status deve ser explorado, sugado e tomar tudo dele na justiça, destruindo-o emocionalmente, até cometer suicídio. Tomam consciência desse assunto.

Seja Felizes e Superam as Paixões!

Márcio de Andrade

13 comentários:

  1. Texto claro e objetivo.
    Me diverti com o 4º parágrafo, embora isso, na verdade, não seja nada engraçado.
    A situação está alarmante. A Globo e a mídia de um modo geral, estão pegando pesado nesse assunto. No domingo, ao explicar a história da organização do crime na Rocinha, ela deu ênfase a beleza física, poder e sensualidade da "esposa puta" do Nêm (que inclusive é um Mangina na verdade). Postaram fotos e mais fotos da perva, sempre apelando e a tornando uma heroína esperta.
    É o fim do mundo cavaleiros. A guerra está quase perdida.
    Eles destruíram a organização social por 100 anos e pelo que vejo, meus amigos estão criando os filho de maneira egoísta, como se fossem super especiais, o que também dará origem a uma geração de sociopatas e Narcisistas Perversos.

    ResponderExcluir
  2. Não falo mal das putas pois me sirvo delas quando a vontade sexual chega, e digo mais, é muito difícil sendo feio e pobre ter mulher nos dias atuais, mas no restante concordo com seu texto.

    Bem exclarecedor.

    ResponderExcluir
  3. Você diz que gay não e os nossos inimigos. Mas depois você diz que gays falam mal dos heteros para as mulheres (no terceiro paragrafo).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eles falam mal e tentam queimar os filmes dos heteros, os gays não pedem a nossa morte e exterminação, como as sapatões pedem. Falar mal é uma coisa, pedir a sua morte é outra coisa diferente, mas as sapatões e viados tem objetivos comuns, que é provocar brigas e separações entre os casais heteros.

      um abraço!

      Excluir
  4. O maior truque do diabo foi fazer as pessoas pensarem que ele não existe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A melhor forma de proteger o mal é negar a sua existência. Quando falamos que o mal não existe, defendemos o assassino, o corrupto, o ladrão, etc.

      Excluir
  5. Sabe me dizer se a biblia do cristianismo foi modificada? Já procurei na internet e disseram que as modificacões eram gnosticas e foram removidas da biblia pois não eram canonicas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A historia da biblia é verdadeira. O que foi modificado foi palavras e frases. E com isso a biblia ficou cheia de contradições. Deus não ia permitir que a palavra dele fosse totalmente modificada. Tem um verso da biblia que diz que aquele que modificar a palavra de Deus (biblia) sofrerá as consequencias. A biblia mais proxima do original é a king james e a veiga de almeida.

      Excluir
    2. Sim, foi totalmente falsificada, já ouvi os próprios judeus falarem que a biblia é o livro dos ignorantes, que usam para escravizar tornando os cristãos escravos dos judeus.

      Um abraço!

      Excluir
    3. Os judeus falam que a biblia e de ignorantes para causar duvidas na cabeca dos cristaos se jesus realmente existiu e passar a seguir o deus dos judeus (satans).

      Excluir
  6. Você faz um serviço de saúde publica salvando a vida de vários homens impedindo que eles façam coisa errada. Que Deus te abençoe.

    ResponderExcluir