sexta-feira, 6 de abril de 2018

Deus não existe!

Realmente, Ele não existe nesse mundo inferior!

Se você perguntar para mim, se acredito em Deus, dou a seguinte resposta: “Sim, acredito em Deus, mas Ele não existe, isso posso te afirmar!”, parece uma resposta irracional e sem sentido, como acreditar numa coisa que não existe? Como acreditar numa coisa, que permite o mal prevalecer no mundo, fazendo todos os seres vivos sofrer, tanto humanos como animais? Como pode haver animais que para sobreviver, tem que matar e devorar o outro? Porque existem tantos desastres naturais? Então isso significa que Deus não existe.

Quando fala desse assunto, que Deus não existe, porque existe muito sofrimento no mundo, isso é uma visão limitada do absoluto, realmente Ele não existe, porque nós estamos no inferno. Na visão dos Vedas, de acordo com as nossas ações nascemos num determinado tipo de corpo, num determinado tipo de planeta, que pode ser inferior, intermediário ou superior. Esse planeta é chamado intermediário, porque nos planetas inferiores vemos somente coisas demoníacas; nos planetas superiores vemos somente coisas divinas; no mundo intermediário vemos tanto coisas divinas e demoníacas.

Deus não existe nos mundos inferiores e nem intermediário, Ele é somente encontrado nos planos superiores. Ele é onipotente, onipresente, onisciente, o Todo, mas Ele está somente onde quer e quem entra em sintonia com Ele. São poucas pessoas que conseguem entrar em sintonia com Deus, de acordo com Bhagavad Gita “Dentre milhões de pessoas, somente um que se esforça em compreender a consciência Divina!”. Tanto a cabala e os Vedas falam: “De certa maneira os ateus estão certos quando falam que Deus não existe. Esse planeta é uma prisão, fomos enviados para cá, devido as nossas más ações nos outros planetas. Realmente Ele não existe nesse mundo, porque nos encontramos no mundo inferior. Deus nesse mundo é limitado, mas no plano espiritual Ele é ilimitado, então devemos nos esforçar para entrar em harmonia com Ele. Ele não te abandonou, está oculto dentro de nós, esperando uma ação nossa, pois não se manifesta por causa do nosso egoísmo. Devido a nossa fraqueza e sentimentalismo, nos tornamos prisioneiro do mal, vivendo um eterno circulo vicioso, e as coisas sempre vão se repetir até aprender a lição. Não queira ver Deus, mas age de tal maneira, que Ele te veja. Ele irá se manifestar quando abandonar prazeres mundanos, combater os vícios, e controlar os sentidos”.

Devido as ações dos jovens, eles foram enviados para um planeta que foi destinado eternamente para lutar.
A mesma coisa que aconteceu com nós, fomos enviado para esse planeta, devido as nossas más ações em outros planos.
Vou citar um exemplo que mostra bem isso, o desenho A Caverna do Dragão, que são grupos de jovens que entraram na montanha russa, e de repente caíram no outro mundo. Existe versão dizendo que na verdade, eles morreram e foi enviado para um mundo inferior, por causa das suas más ações, então o seu destino foi lutar eternamente, vivendo assim um verdadeiro inferno. O inferno não é um lugar de fogo, com cheiro de enxofre, existem milhões tipos de infernos diferentes, (que pode ser incluído também o inferno terrestre, ou inferno mental, sendo torturados pelos pensamentos, pois a depressão é um tipo de inferno) por exemplo, você pode nascer no planeta da doença, onde as pessoas nascem somente para sofrer. Pode nascer no planeta da guerra, que a pessoa não morre assim totalmente fácil, pode levar vários tiros e não morrer, ou seja, seu corpo será adaptado para isso, na intenção de fazer sofrer. Tudo que existe no nosso mundo, existem também nos outros mundos com maior e menor grau de intensidade. Uma coisa que falo para todo mundo, o mundo intermediário que é o nosso, é assim, imagina como deve ser os mundos inferiores?

Todos os povos do mundo, até mesmo as mais primitivas, o ser humano sempre acreditou na força Divina, todas as religiões tem em comum, nenhuma delas se identifica com esse mundo, todos querem uma vida melhor no outro plano. De acordo com Srimad Bhagavatam, todas as sociedades ateístas se destroem por si mesmo, sendo destinado a caminhar pelo lado mais obscuro da existência.

O prazer maior que a pessoa pode sentir é a ausência do sofrimento.
Muitos usam até mesmo a religião budista para justificar a inexistência de Deus, mas o que as pessoas não sabem, que todos os budistas são pessoas infelizes na vida, pois no inicio tem um resultado satisfatório, mas a médio ao longo prazo se tornam pessoas infelizes. Os budistas para justificar o seu sofrimento, fala que tudo é seu karma, se tornando passivos perante as adversidades da vida, por isso, que se diz o budismo é a religião da passividade.

As pessoas tem a necessidade de falar que Deus não existe, porque querem fazer coisas erradas, sem ser julgadas por isso. Em certas tradições falam que Deus e o diabo são os mesmo seres, pois se agir certo Ele irá te recompensar, mas se errar irá te punir severamente. Ele não é bom e nem ruim, Ele é justo, ou seja, se fazer coisas erradas irá sofrer todas as mazelas do mundo.

De acordo com os Vedas, o sofrimento existe devido as nossas ações que fizemos na nossa infância, adolescência e mocidade, períodos que somos mais rebeldes e cruéis com os outros, então existe uma oração pedindo perdão pelas nossas ações, quando nós éramos mais jovens. O que você fez na sua infância e adolescência? Você era bom com as pessoas e os animais? Mas, você pode argumentar, “Sempre fui uma pessoa boa, nunca fiz mal a ninguém e sofri todas as mazelas da vida!”, será que foste realmente uma pessoa boa ou foi um covarde na vida? Não reagir perante as adversidades da vida, porque quer mostrar bonzinho para o mundo irá realmente sofrer na vida. Às vezes para ter paz de espirito se torna necessário ir para a guerra.

Deus é o próprio mal, isso vai depender das suas ações.
Ele é apenas justo! Ele é o que Ele é!

Deus é tudo, até mesmo Ele é o próprio mal! Tudo está dentro de nós, até mesmo o próprio mal, então descobre o mal que está dentro de você para lidar com o mal externo. Mal se combate com mal, porém com senso de justiça não é considerado mal, mas sim Divino. Se você não quiser revidar, então não reclame o que aconteceu e acontece contigo por ser covarde.

Devido à falta de valores morais, a sociedade se tornou consumista e a consequência disso, se tornou ateísta se afastando da Divindade. Foi super estratégico colocar o materialismo nas igrejas, porque as pessoas vão procurar a religião para obter coisas materiais e não para compreender Deus, esse é o motivo do sofrimento das pessoas. A religião cristã tornara-se materialista e sentimentalista, por isso que sofrem nas suas vidas, vivendo no eterno circulo vicioso.

Você pode ser budista, cristão, judeu, muçulmano, ateu, etc, se não aprender controlar os seus sentidos, tudo será em vão, nunca conhecerá Deus. Somente um entre milhões que consegue controlar os sentidos! Somente um entre milhões que quer compreender a consciência Divina! Somente um entre milhões que busca a espiritualidade sem querer obter coisas materiais! Realmente Deus não existe nesse mundo, porque estamos no inferno, nós que devemos nos esforçar para entrar em harmonia com Ele.

A permissão vem do Céu, você pode ler os livros sagrados, mas não irá modificar a sua vida, às vezes fica até mesmo pior. Para entender as escrituras devemos pedir para o Céu permissão para compreendê-la, senão tudo será em vão. O Céu que vai determinar se você é digno ou não de compreender as escrituras, por isso, nunca devemos pedir coisas materiais, mas sim espirituais, pedem sabedoria e inteligência para o Criador, pois a verdadeira sabedoria e inteligência vêm da alma, que fica localizado no centro da sua mente, por isso devemos concentrar toda a nossa atenção ali. Essa é a verdadeira sabedoria e inteligência! Devemos voltar a nossa fé no Criador!

Sejam felizes e superam todas as paixões!

Márcio de Andrade

Nenhum comentário:

Postar um comentário